Anos 80

Asas de Ilusão

Anos 80

Os anos 80 no Brasil foram bem difíceis. Submetido a uma ditadura cruel, o País tinha seu melhor alento – e também forma de protesto – na música. Naquele ambiente sombrio, o amor era a luz incandescente, viva e importante para se tocar a vida.
A música de Byafra, cheia de amor e delicadeza ajudava a tornar este período complicado em sonho e leveza. O cantor teve sua melhor fase nesta década e fez imenso sucesso nas rádios e nos (bons) programas de TV dos anos 1980.
Tudo começou em 1980 com o lançamento de seu segundo disco (“Biafra”). Repleto de boas faixas, o trabalho despontou com a emocionante música “Uma Vez e Nunca Mais”, uma versão de Aloysio Reis para “Easy Come Easy Go”, de Ian Sutherland. Porém, o verdadeiro estouro do artista chegou no ano seguinte com o lançamento do LP “Despertar” (CBS), primeiro disco de ouro da carreira, embalado pelo imenso sucesso de “Leão Ferido” e “Vinho Antigo” (tema da novela “Marron Glacê”, da Rede Globo).
Depois de um disco ousado (“Menino”, de 1982) ainda pela gravadora CBS e um outro para fechamento de contrato, Byafra surgiu com seu primeiro disco pela Barclay/Ariola: “Existe Uma Ideia” (1984), trazendo “Sonho de Ícaro”, a sua maior façanha no disco. Este trabalho rendeu o segundo disco de ouro de Byafra e o consagrou definitivamente no cenário musical do Brasil.
Ainda no embalo do disco de 84, Byafra trouxe, ainda pela Barclay, um trabalho primoroso em 1985: “O Sonho Deve Ser”, produzido por Piska e com direção artística (e fantástica) de Mazzola. O sucesso deste trabalho foi o tema de novela “Seu Nome” que fez parte do folhetim “A Gata Comeu”, da Rede Globo.
Byafra ainda lançou disco em 86, 87 e 89, além de um single de grande sucesso em 1988 (“Bye Bye”).

Discos Lançados Nos Anos 80

Raí T. Rio

Raí T. Rio é o idealizador, criador e editor do Portal Byafra.


Deixe Seu Comentário

Outros Artigos Interessantes