Categoria Memória Afetiva

memoria_afetiva

Na carreira de todo artista, os trabalhos do passado são sempre consagradores, levando muitas vezes um profissional ao estigma de um momento. Byafra, por exemplo, é extremamente conhecido pela sua gravação de “Sonho de Ícaro”, embora tenha feito muito sucesso com outras canções, como – só para citar uma – “Seu Nome” que, na verdade, foi mais executada que a própria “Sonho de Ícaro”.
Momentos como estes estão sempre ligados ao seu contexto. Como lembrar de “Sonho de Ícaro” e não de um LP? Como lembrar de video-clipes e não associar ao programa “Fantástico” da Rede Globo? Como pensar num grande sucesso e não pensar em seu compacto, aquele disquinho maravilhoso mais barato e normalmente com duas faixas?
De uma vida se faz memórias. De memórias, toda uma vida…

0

Byafra Voa No Fantástico

Depois de alguns anos, Byafra voltou a se apresentar na Rede Globo, principal emissora de televisão da América Latina, desta vez num dos seus principais programas: o Fantástico. Numa conquista de sua assessoria e, sem dúvidas, do empenho de seus fãs, o cantor, compositor e escritor esteve bem como sempre e – melhor – cantando a música que mais marcou sua legião de admiradores: a inesquecível “Sonho de Ícaro”. Este foi um momento importante na nova fase do cantor, cuja carreira continua firme e vigorosa por conta de seus shows pelo Brasil. Em outra edição do programa Byafra participou de uma experiência que todos os ícaros gostariam de passar: voar, voar, subir, subir

0

Sonho de Ícaro no Palco Viva

A grande apresentação de Byafra no programa Globo de Ouro Palco Viva – uma versão atual de um dos maiores programas musicais da história da televisão brasileira. Nos anos 80 – uma das melhores décadas do programa – Byafra foi um dos maiores participantes, encantando toda uma geração apaixonada por boa música.

0

Leão Ferido (Ao Vivo)

Primeiro sucesso a dar um disco de ouro ao cantor, “Leão Ferido” é uma marca do cantor e o acompanha onde quer que esteja, seja em shows, como este, seja em apresentações na televisão. A faixa é sempre pedida nos shows de Byafra. Aqui, o sucesso é cantado num show de 2010, no Rio de Janeiro.