Sobre Ser Ícaro

GARD Pro Not Registered

Uma recente discussão – levemente acolorada nos bastidores do Fã-Clube – me fez pensar sobre o que efetivamente significa ser um ícaro, digo, sonhador, idealista. Não somos uma legião de soldados armados de panfletos, faixas, comiciando feito loucos Brasil afora e adentro. Não criamos piquetes, não tomamos terras nem tetos, não ocupamos calçadas e avenidas, nem causamos transtornos no trânsito das grandes cidades. Somos inoperantes, então? Não, absolutamente não. É certo que grandes sonhos foram e são construídos com lutas, guerras inclusive. Mas não é o nosso caso. Nossa causa é nobre, entretanto, porque anseia pelo direito de ouvir o que se quer, de ver o que se deseja e de dividir e divulgar este estilo de vida para outras pessoas. E tudo isso sem viver do passado porque, descontado algum saudosismo (que, na medida, é importante na vida de todos), baseamos nossa filosofia no presente mesmo, dado que buscamos estender o modo de pensar e o comportamento da atualidade e, só levando em conta isso, procuramos adequar nosso peculiar modo de pensar e agir ao mundo.
E o que vem mesmo a ser isso? Resistir aos fortes apelos do poder econômico e da grande mídia que nos tenta vender produtos descartáveis, deixando claro o total descomprometimento com a qualidade e a emoção, pontos fundamentais para nós. Somos ícaros não apenas quando decidimos ouvir o som de Byafra, mas (claro) quando reconhecemos o trabalho de nomes como Gandhi, Dona Zilda Arns, por exemplo, ou quando admiramos a multidão que trabalha sem holofotes nas periferias das grandes cidades para tornar digna a vida de seus semelhantes e vizinhos, promovendo educação e cidadania, a despeito de toda falta de apoio do poder público.
Ser sonhador é algo profundo. Mas silencioso. Nosso trabalho é, na verdade, uma resistência acima de tudo. É o que acontece aqui no Portal Byafra. Estamos fazendo uma revolução toda vez que acessamos o site oficial do cantor, porque chamamos a atenção de outras pessoas – as que convidamos para visitar o site e outras que o encontram por acaso. Esta corrente se espalha e toma conta da internet – uma das mais poderosas mídias da atualidade. Assim, nosso movimento e o nome do Byafra ganham força e atraem outras mídias. Este trabalhinho de formiga começou há alguns anos atrás, quando a Sônia Fukuda, presidenta do Fã-Clube e grande incentivadora da carreira do Byafra, através de um site de vendas, descobriu que eu também era fã do artista. Trocamos ideias, juntamos forças e seguimos dia a dia acreditando na adesão de outros sonhadores. Isso aconteceu e hoje somos muitos.
Porém, ainda seremos mais: basta acreditar que podemos e fazer nosso movimento silencioso, mas com um brado forte: os sonhos. Esta é a nossa força, mas as campanhas são muito bem vindas porque reforça nosso ideal e crava a bandeira de nossa causa em territórios importantes como a TV e o Rádio. Ter um Fã-Clube efetivo e vigoroso como é o comandado pela Sônia Fukuda também é indispensável, haja visto que promove movimentos importantes e agrega ideias e fãs em volta da promoção do nosso ícaro maior. Portanto, vale continuar o prestígio ao Portal Byafra, visitando e trazendo convidados, mas também continuar as campanhas de enviar e-mails às emissoras para divulgar o trabalho de Byafra. Já que somos ícaros, que sejamos sempre porque o sonho não tem fim.

GARD Pro Not Registered

Raí T. Rio

Raí T. Rio é o idealizador, criador e editor do Portal Byafra.


Deixe Seu Comentário

Outros Artigos Interessantes