Me Deixa Ir

(Paulo Ciranda/Byafra/Marco Valença)

GARD Pro Not Registered

Me deixa ir assim
Um pássaro em seu primeiro vôo
Um astro cadente no espaço brincando em desenhos que nem crayon
Me deixa ir porque
O amor é um milagre enorme que arde em meus olhos
De tão brilhante

Mas meu coração é ainda
Um filhote de leão aprendendo a ser forte
Ansiando ser rei de si mesmo
Um diamante, um trovejo, um archote.

O meu coração é ainda
Um acorde de canção
Ascendente, mascote.
Ansiando ter voz mais ativa
Alto falante, água viva, holofote.

Me deixa ir por mim
Perfume que se evaporou
Um ano inteiro
Passado num breve segundo de Reveillon
Me deixa ir porque
O amor é um milagre enorme que arde em meus olhos
De tão brilhante.

Mas meu coração é ainda
Um filhote de leão aprendendo a ser forte
Ansiando ser rei de si mesmo
Um diamante, um trovejo, um archote.

O meu coração é ainda
Um acorde de canção
Ascendente, mascote.
Ansiando ter voz
Mais ativa
Alto falante, água viva, holofote.

GARD Pro Not Registered

Disco Desta Música

Sobre Esta Faixa

O amor e a liberdade são cantadas nesta canção inédita, onde Byafra imprimiu seu conhecido tom romântico, beneficiado por um arranjo adequado ao que fala à música.

Escute Esta Faixa

Raí T. Rio

Raí T. Rio é o idealizador, criador e editor do Portal Byafra.


Deixe Seu Comentário

Outros Artigos Interessantes