Tag/Tema: Discos

0

Temas de Novelas

Como cantor, Byafra embalou muitas histórias de amor na vida real e, como não poderia deixar de ser, na ficção também. A voz doce e romântica do cantor figurou em nove novelas, como tema de apaixonados e sonhadores.
Logo no início da carreira, ainda garoto, Byafra, de cara, fez sucesso no rádio com a música “Helena”, canção que acabou fazendo parte da trilha sonora da novela “Marron Glacê”, da Globo, que ficou no ar de agosto de 1979 a março de 1980.

0

Biafra – 1989

O disco de 1989, intitulado “Biafra”, foi lançado após o grande sucesso da música “Bye Bye”, lançada num mix com “Sonho de Ícaro”, em 1988. Este trabalho, lançado pelo selo Esfinge e gravado nos Estúdios Concorde em São Paulo, trouxe uma faixa surpreendente na abertura: a dançante “Na Hora H” (parceria de Byafra com Aloysio Reis e Nilo Pinta), que fez sucesso nas rádios. Foi a primeira faixa de trabalho do disco que ainda trouxe outros boas surpresas como “Deixar de Ser Brinquedo”, “Charme”, “Meu Erro” e “Só Você”, faixa romântica que fez imenso sucesso no norte-nordeste do Brasil.

0

Segundas Intenções – 2002

Lançado em 2002 pela GreenSongs, “Segundas Intenções” marcou o retorno de Byafra ao disco depois de 4 anos tocando outros projetos como os shows pelo Brasil. Contando com arranjadores como Lincoln Olivetti e Torcuato Mariano, o CD começou trabalhando a faixa “Jardim”, mas fez sucesso com uma regravação de um sucesso de Dalto de 1974: “Flash Back”, música que hoje Byafra toca muito em seus shows. O disco é uma suíte, ou seja, se pode ouvir da primeira à última faixa sem nenhuma diferença nas gravações, prova da excelente equipe de profissionais que trabalhou neste CD.

0

Infinito Amor – 1994

“Infinito Amor” chegou às lojas em 1994 pela gravadora Warner Music Brasil/Continental e consagrou “Perdões” nas rádios de todo o País. Mais tarde esta canção fez sucesso com a dupla sertaneja Chitãozinho e Xororó, ícones da música sertaneja do Brasil. A exemplo de disco de 1987, Byafra contou com duas participações especiais neste trabalho: Chrystian e Ralph em “Não Basta” e Margareth Menezes em “Maria e João”, outra pérola da dupla Byafra e Paulo Ciranda. Neste disco, Byafra trabalhou também a faixa “Paixão Passageira”, de Lenine.

0

Biafra – 1983

O disco de 1983, simplesmente intitulado “Biafra”, não foi divulgado e comercialmente mal distribuído pela gravadora, uma vez que foi gravado apenas para o cumprimento de contrato. Uma pena para os admiradores do trabalho do cantor e compositor, haja vista que é um momento marcante de sua carreira, especialmente com a música “Cinema” que fez razoável sucesso e entrou na compilação da gravadora Universal, de 1998 (série “Brilhantes”).

0

Bye Bye – 1988 (Single)

Em 1988, pela Polygram (Série Mix), Byafra lançou este single que trazia “Sonho de Ícaro” (versão original de 1984) e uma faixa inédita (“Bye Bye”).
O lançamento fez bastante sucesso com a música inédita e levou Byafra aos maiores programas de televisão da época, como era de costume. Neste ano de 88, a Rede Globo mantinha um programa muito popular chamado “Globo de Ouro” e o cantor esteve presente em muitas edições, levado pelo sucesso da canção “Bye Bye”.